Cannabis atraves do tempo part.1
P. 1

 100
CBD WORLD | SOU TH AMERIC A
RE VIS TACBDBR ASIL. COM. BR
A CANNABIS E O TEMPO
A cannabis através dos tempos Parte I
Éuma das primeiras plantas cultivadas por seres humanos, seja por suas fibras sólidas, suas sementes nutritivas ou suas propriedades medicinais.
A sua origem geográfica não está perfeitamente comprovada; alguns citam os arredores do lago Baikal, nas planícies da Ásia Central, outros nos contrafortes do Himalaia ou nas beiras do rio Amarelo, também co- nhecido como Huang He ou Huang Ho, o segundo mais longo rio da China e o sexto maior rio do mundo.
A cannabis é uma das plantas mais antigas e versáteis do mundo. Tem sido uma fonte importante de fibras, alimentos e medicamentos ao longo da história. Alguns tipos podem ser processados em uma ampla gama de matérias-primas, como celulose, papel, combustível, resina e cera. Na indústria da construção pode ser usada como componente principal em tijolos, painéis de partículas, isolamento, etc. Os materiais de construção utilizando essa matéria- -prima revertem os efeitos nocivos dos gases de efeito estufa, bloquean- do as emissões nocivas de CO2. Em essência, esses materiais respiram. Eles também são mais fortes e mais leves do que aqueles usados na construção tradicional.
A cannabis, do início dos tempos até o fim do século 19
10.000 A.C.
A cannabis é uma das primeiras e mais antigas culturas agrícolas conhecidas.
Richard Hamilton, em um artigo de 2009 da revista Scientific American sobre agricultura sustentável, diz: "Os humanos modernos surgiram há cerca de 250.000 anos atrás, mas a agricultura é uma invenção relativamente recente, com apenas 10.000 anos... a agricultura não é natural: é uma invenção humana. É também a base da civilização moderna".
Este ponto também foi abordado por Carl Edward Sagan (1934-1996), em 1977, quando propôs a possibilidade de que a maconha pudesse realmente ser a primeira colheita agrícola do mundo, levando ao desenvolvimento da própria civilização.
6000 A.C.
Sementes e óleo de cannabis são usados como alimentos, na China.
4000 A.C.
Peças têxteis feitas de fibra de cannabis são usadas na China e no Turquestão.
2900 A.C.
O imperador chinês Fu Hsi ou Fu Xi, a quem os chineses creditam ter trazido a civilização para a China, parece ter feito referência a Ma, palavra chinesa para cannabis, observando que a cannabis era um remédio muito popular, que possuía yin e yang. (Robert Deitch, “Hemp: Amer ican Histor y Revisited: The Plant with a Divided Histor y” , Algora Publishing, 2003).
2700 A.C.
Segundo a lenda chinesa, o imperador Shen-nung, ainda conhecido como Shennong ou Shen Nong, e considerado o "pai da medicina chinesa", descobriu as propriedades curativas da maconha e as de dois outros pilares da medicina herbal chinesa, o ginseng e a ephedra. (Janet Joy, Alison
Mack, “Marijuana as Medicine: The Science Beyond the
Controversy”, National Academies Press, 2000).
Na medicina moderna, a efedrina já foi usada como descongestionante nasal, broncodilatador e vasopressor, porém o uso terapêutico desses alcalóides tornou-se res- trito por haver dúvidas quanto ao seu perfil de segurança.











































































   1   2   3   4   5