domingo, maio 31, 2020
Home Mundo Brasil Jota: 45% dos...

Jota: 45% dos deputados são a favor do plantio de Cannabis no Brasil

Segundo a pesquisa, os parlamentares são menos abertos ao plantio medicinal da maconha do que a população

Ao contrário da população em geral, o posicionamento dos deputados federais em relação ao plantio de maconha não é alterado quando o motivo para a liberação é o uso medicinal. De forma geral, os parlamentares estão divididos em relação ao tema. Cerca de metade é a favor da liberação do plantio de Cannabis, enquanto metade é contra.

O portal especializado em Direito JOTA realizou o mesmo experimento para medir o apoio à liberação do plantio de Cannabis com a população e com os parlamentares.

Na segunda-feira (06), o JOTA Labs mostrou que a liberação do plantio de maconha ganha um apoio muito maior entre a população brasileira quando está associada ao uso medicinal. Os dados fazem parte de um estudo experimental feito pelo portal nas suas mais recentes pesquisas em parceria com o Instituto Brasileiro de Pesquisa e Análise de Dados, que somente assinantes do JOTA Pro têm acesso.

O mesmo efeito não é encontrado entre os deputados. Metade dos parlamentares foi apresentada com um tipo de pergunta e metade com outro tipo – o sorteio dos deputados foi feito de forma aleatória.

Assim como na população, um grupo de deputados, o chamado grupo de controle, recebeu a seguinte pergunta: Você é a favor ou contra o plantio da maconha no país?

Já o segundo grupo, ou grupo de tratamento, foi apresentado à seguinte pergunta: Você é a favor ou contra o plantio da maconha no país para fins medicinais?

No grupo de controle, 45,9% se disseram a favor da liberação, 45,7% se disseram contra e 8,4% disseram não ser nem a favor nem contra.

Já no grupo de tratamento, 43% se disseram a favor, 48,3% se disseram contra e 8,7% se disseram nem a favor nem contra.

A comparação entre os dados da população em geral e dos deputados mostra que existe uma resistência maior entre os políticos para a liberação do plantio para fins medicinais.

É muito interessante notar como no grupo de controle, ou seja, naquele grupo em que o apoio à liberação do plantio independe do uso medicinal, os resultados são muito parecidos entre os brasileiros em geral e entre os deputados, em torno de 45%. O que o estudo experimental mostra é que os deputados são menos propensos a aceitar o argumento do uso medicinal.

Fonte: https://sechat.com.br/jota-45-dos-deputados-sao-a-favor-do-plantio-de-cannabis-no-brasil/

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -

Most Popular

Caminhada pela cannabis m...

Aconteceu em Campo G...

Nate Díaz fumou cannabis ...

No UFC 241, do d...

Canabidiol ameniza efeito...

Estudos indicam que medi...

As farmácias de Buenos Ai...

As farmácias da ...

Recent Comments